O conceito de high-low é teimoso. Não sai de cena

 

Das passarelas para decoração… Junte peças sofisticadas a outras mais simples e o resultado será o “Hi-Lo” (do inglês high-low), conceito criado nos anos 90 que está migrando das passarelas de moda para o mundo da decoração.

Lançado entre 2013/2014 ele continua em alta. Segundo o jornal o Globo o conceito de high-low é teimoso. Não sai de cena. O estilo high low nada mais é do que uma combinação do high: móveis e peças de presença, de design assinado ou com algum valor notável com o low: itens mais comuns e mais acessíveis, que isoladamente não mostram todo seu potencial. E é deste mix criativo que saem composições lindas . Vejam só:

1) Cadeiras modernas com banquinhos rústicos;

2) Sala  contemporânea  – Peça Low nesse ambiente – Mesa lateral de pallet;

3) Ambiente moderno com estante de gavetas;

4) Telas assinadas por design com quadros de fotos;

Gostou? Quer entender mais?
Assista o programa DECORA exibido no último dia 30/05. O Arquiteto e Design Mauricio Arruda explica o conceito.

Criando Memórias
Beijos – Cleide

[sem conflitos de interesse] [este post não é patrocinado]

Tag: O Globo, MinhaCasaMinhaCara, LiderInteriores, Decora